April 8, 2020

Please reload

Posts Recentes

Caracteristicas e categorias de cabos de rede

September 2, 2019

1/4
Please reload

Posts Em Destaque

Classificação de cabos LAN garante segurança em locais de grande circulação de pessoas

September 2, 2019

 

 

A escolha do cabo LAN para utilização em seu projeto é uma premissa com ao menos três variáveis. Dentre estas variáveis, a categoria do cabo pode ser a primeira a ser definida, classificado-o desde 5e com 100Mhz, passando por 250Mhz em categoria 6 e 500Mhz em 6A até 7A em 1200Mhz de largura de banda. A segunda variável é para qual aplicação o cabo será utilizado, se um ambiente ruidoso com necessidade de blindagem ou não. Por fim e a mais importante, uma característica que está diretamente relacionada com a segurança: a classificação de flamabilidade da capa do cabo, ou seja, o quanto de chama e fumaça cada modelo pode propagar. Flamabilidade de cabos LAN no Brasil, por questões de cultura, pode ser classificada em quatro tipos: CMX, CM, CMR e LSZH. CMX é uma classificação com uso restrito que requer algum tipo de proteção quanto à propagação de chamas, gases tóxicos e fumaça, ou seja, aplicado em uma tubulação metálica sem fluxo de ar forçado ou concentração de cabos. Vale ressaltar que os testes deste tipo de capa devem seguir o padrão UL 1581.

 

O cabo de classificação CM é recomendado para uso em geral, com pouca proteção contra incêndio, instalado em tubulações de grande quantidade de cabos e sem fluxo de ar forçado em um mesmo ambiente, e o teste neste caso segue o padrão UL 1685. Já o CMR é utilizado em instalações de subida (“riser”), onde o cabo ultrapassa mais de um pavimento em instalação tipo shafts ou poços sem fluxo de ar forçado. Os testes são feitos de acordo com a UL 1666 e, assim como para os tipos CMX e CM, não são analisados os gases gerados e densidade de fumaça. Por último, recomendamos a classificação LSZH (Low Smoke Zero Halogen), cabo de baixa emissão de fumaça e zero halógeno, ou seja, não toxica, indicado para instalações de grande afluência de público garantindo a segurança das pessoas. Os testes neste cabo são mais complexos porque além da propagação de chama (UL 1581), é medida a densidade de fumaça (IEC 61034-1 e IEC 61034-2) e toxidez (NBR 12139) do material. Certamente, ao especificar uma classe de flamabilidade do cabo, sua substituição deve ser para uma classe superior, por exemplo, é estabelecido que o cabo do projeto seja CMR, os únicos que os substituem são os de classe CMP ou LSZH. Vista a parcela de investimento correspondente do cabeamento estruturado em projetos versus o tempo que o mesmo ficará instalado, este é o que corresponde a menor fatia do investimento. Dado este fato, a Nexans recomenda que sejam utilizados cabos de mais alta classificação frente chama e emissão de fumaça tóxica, ou seja, LSZH ou no mínimo o CM quando aplicável. Locais como hospitais, shoppings, hotéis dentre outros, tem como premissa a aplicação de cabos tipos LSZH. Outros locais recomendamos uso do CM.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Arquivo
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

CERTIFICACABOS - CERTIFICAÇÃO DE REDE , CERTIFICAÇÃO DE FIBRA OTICA , CERTIFICAÇÃO DE CABEAMENTO METALICO , OTDR , POWERMETER , CERTIFICAÇÃO PON/GPON , RESTAURAÇÃO DE EMERGENCIA , PROJETOS REDES OTICA

 

São Paulo (11) 2626-9593 /  94274-2770 - Rio de Janeiro  (21) 2577-7755 - Belém do Pará (91) 99199-2376

MG (31) / BA (71) / PR (41) RS (51) / PE (81) / DF (61) 2626-9593